É uma técnica simples. Mediante a retirada de sangue da veia E SUA IMEDIATA APLICAÇÃO NO MÚSCULO, AUMENTA EM QUATRO VEZES O NÚMERO DE MACRÓFAGOS NO ORGANISMO. São os macrófagos QUE FAZEM A LIMPEZA DE TUDO, eliminando bactérias, vírus e câncer.

09
Jan 12

Caros Ricken, Alice, Benjamin, Diego, Emma, e toda
equipe da Avaaz:  

Agradecemos e
retribuímos os votos de Feliz Ano Novo. Que 2012 seja um ano de
vitórias em muitas lutas pela democracia! 

Em atenção ao pedido da Avaaz de
sugestões sobre “em que devemos focar nossas energias em
2012”, sugerimos campana, pelas razões que iremos resumir,
com o título: “OMS e governos de todos os países
devem adotar a auto-hemoterapia como técnica básica em
saúde pública.”  

Sabemos todos que a Organização Mundial
de Saúde (OMS) e os governos vêm fugindo de suas
responsabilidades em apontar técnicas como a auto-hemoterapia,
que ajudarão principalmente os moradores dos países mais
pobres.  

A auto-hemoterapia é uma
técnica de prevenção e cura de doenças e
foi usada pela primeira vez em 1898. Cura ao aumentar a imunidade em
quatro vezes e é usada inclusive em pediatria. Teve
eficácia comprovada e vasto emprego por décadas.
Graças à campanha orquestrada pelos laboratórios
farmacêuticos transnacionais, a técnica caiu no
esquecimento dos profissionais de saúde com a descoberta dos
antibióticos. Ainda assim, é usada no mundo inteiro, mas
apenas por pequenos grupos. 

No Brasil, o
dr. Luiz Moura, 86 anos, médico formado em 1947, deu magistral
entrevista sobre o tema em 2004, o que permitiu seu uso intensivo, em
centenas de doenças, por milhões de brasileiros. Mas
são aplicações clandestinas. Forças
perversas levaram o Governo Federal, através da Agência
Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a proibir, em
2007, o uso da técnica com a mentira de que a auto-hemoterapia
não é lastreada cientificamente. A decisão da
Anvisa fere a própria Constituição Federal. A
Agência recebeu aval absurdo, imoral, do Conselho Federal de
Medicina (CFM), órgão responsável pela
avaliação dos procedimentos médicos à luz
da “ética” no país. 

Em artigo em que resume o que é a
auto-hemoterapia, o dr. Luiz Moura afirma: “É um recurso
terapêutico de baixo custo, simples que se resume em retirar
sangue de uma veia e aplicar no músculo, estimulando assim o
Sistema Retículo-Endotelial, quadruplicando os macrófagos
em todo organismo. 

SUMÁRIO 

A
técnica é simples: retira-se o sangue de uma veia -
comumente da prega do cotovelo - e aplica-se no músculo,
braço ou nádega, sem nada acrescentar ao sangue. O volume
retirado varia de 5ml a 20ml, dependendo da gravidade da doença
a ser tratada. O sangue, tecido orgânico, em contato com o
músculo, tecido extra-vascular, desencadeia uma
reação de rejeição do mesmo, estimulando
assim o S.R.E. A medula óssea produz mais monócitos que
vão colonizar os tecidos orgânicos e recebem então
a denominação de macrófagos. Antes da
aplicação do sangue, em média, a contagem
dos macrófagos gira em torno de 5%. Após a
aplicação a taxa sobe e, ao fim de 8h, chega a 22%.
Durante 5 dias permanece entre 20 e 22%, para voltar aos 5% ao fim de 7
dias a partir a aplicação da auto-hemoterapia. A volta
aos 5% ocorre quando não há sangue no
músculo. 

 As doenças
infecciosas, alérgicas, auto-imunes, os corpos estranhos como os
cistos ovarianos, miomas, as obstruções de vasos
sangüíneos são combatidas pelos macrófagos,
que, quadruplicados, conseguem assim vencer estes estados
patológicos ou, pelo menos, abrandá-los. No caso
particular das doenças auto-imunes, a autoagressão
decorrente da perversão do Sistema Imunológico é
desviada para o sangue aplicado no músculo, melhorando assim o
paciente. ... Artigo completo em http://www.rnsites.com.br/aht_luiz_moura.pdf

 A técnica é lastreada em milhares
de livros, sobre ou que a ela se referem, em vários idiomas.
Entre estes, apenas para citar alguns:  

Praxis der Eigenbluttherapie‎, Harald Krebs -
2007 - 166 páginas no endereço http://books.google.com.br/books?id=v9VCpONbKswC&pri
ntsec=frontcover&dq=eigenbluttherapie&am
...

 “Autohémothérapie locale
dans l'angiodermite nécrotique : étude pilote”, de
2005, original em http://www.em-consulte.com/article/155339

 “AUTOHEMOTHERAPY REFERENCE MANUAL
Definitive Guide and Historical Review From Bloodletting to Stemcells A
technical report”, by S. Hale Shakman, em http://instituteofscience.com/books.html

 Shakman, PhD, é diretor executivo do
Instituto de Ciências de Santa Mônica, Califórnia,
USA. Afirma em “AUTOHEMOTHERAPY - THE MAGIC SHOT?”:
“... Autohemotherapy has also been proposed as a preventive
measure. For example, a 1935 report of favorable results against
cerebral hemorrhage asserted that autohemotherapy is absolutely
indicated as preventive treatment in cases of established hereditary
disposition to high blood pressure. ...”. 

 E: “... Autohemotherapy's attributes of
safety, low cost, and immediate availability suggest continuing
potential utility against a broad spectrum of diseases in which a
causative organism disseminates through the bloodstream, regardless of
the source or identity of the causative organism - including the likes
of malaria, ebola and AIDS. (An intramuscular form of autohemotherapy,
as reportedly successfully used against malaria, has been already been
proposed for AIDS [*9], as has an experimental alternate form [*10]) In
cases where an inaccessible, persistent focus of infection does not
exist, autohemotherapy may indeed be sufficient to effect a cure, and
might therein comprise a "magic shot…". Em http://instituteofscience.com/hemo.html

 Estas, entre muitas, as razões desta
nossa proposição. 

 A
entrevista magistral do dr. Luiz Moura, referida acima, está em
vídeo. Legendado em inglês e espanhol, pode ser livremente
copiado para fins humanitários. 

 Estamos ao inteiro dispor da equipe Avaaz para
quaisquer outras informações. 

 Do Brasil, fraternalmente,  

 Ubervalter Coimbra e Walter Medeiros, 


jornalistas. 

 

O que é a
Avaaz? Veja em http://www.avaaz.org/po/about.php Ou

Em "Quem somos" a organização
se define como "A Avaaz é uma comunidade de
mobilização online que leva a voz da sociedade civil para
a política global." . 

E
mais: "Avaaz, que significa "voz" em várias
línguas européias, do oriente médio e
asiáticas, foi lançada em 2007 com uma simples
missão democrática: mobilizar pessoas de todos os
países para construir uma ponte entre o mundo em que vivemos e o
mundo que a maioria das pessoas querem.  

A Avaaz mobiliza milhões de pessoas de todo
tipo para agirem em causas internacionais urgentes, desde pobreza
global até os conflitos no Oriente Médio e
mudanças climáticas. O nosso modelo de
mobilização online permite que milhares de
ações indivíduas, apesar de pequenas, possam ser
combinadas em uma poderosa força coletiva. (Leia sobre os
resultados na página dos Destaques de Campanha).  

Operando em 15 línguas por uma equipe
profissional em quatro continentes e voluntários de todo o
planeta, a comunidade Avaaz se mobiliza assinando
petições, financiando campanhas de anúncios,
enviando emails e telefonando para governos, organizando protestos e
eventos nas ruas, tudo isso para garantir que os valores e
visões da sociedade civil global informem as decisões
governamentais que afetam todos nós."  

O espaço para contatos com a Avaaz está
em http://www.avaaz.org/po/contact/

publicado por auto-hemoterapia às 19:35

Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
13
14

16
17
19
20
21

22
24
25
27
28

29
30


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Visitantes
blogs SAPO