É uma técnica simples. Mediante a retirada de sangue da veia E SUA IMEDIATA APLICAÇÃO NO MÚSCULO, AUMENTA EM QUATRO VEZES O NÚMERO DE MACRÓFAGOS NO ORGANISMO. São os macrófagos QUE FAZEM A LIMPEZA DE TUDO, eliminando bactérias, vírus e câncer.

11
Mar 13
Sábado, 9 de março de 2013 - 18:53:50 177.158.41.95 PRESIDENTE DO
SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL FAZ AUTO-HEMOTERAPIA O presidente do Supremo
Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, fez auto-hemoterapia
no final do ano passado. Desde que fez aplicação da Auto-hemoterapia
Plasma Rico em Plaquetas (PRP), derivada da auto-hemoterapia clássica,
chamada simplesmente auto-hemoterapia, não mais se queixa de dores em
público. Na hipótese de ter optado em realizar a auto-hemoterapia
clássica, o tratamento lhe custaria apenas uma seringa de aplicar
injeção por semana. Mas o presidente do Supremo Tribunal Federal
estaria impedido de realizá-la no Brasil, pois a técnica foi "proibida"
no país pela Anvisa, pela Nota Técnica nº 1 de 13 de abril de 2007, que
não é lei, mesmo contra a Constituição Federal. O PRP tem preço
elevado, e cada aplicação pode custar até R$ 5 mil. Para fazer suas
aplicações de Auto-hemoterapia Plasma Rico em Plaquetas, o ministro foi
para a Alemanha. "08/11/2012 Ministro Joaquim Barbosa apela para
tratamento PRP Atormentado por dores na coluna, o ministro Joaquim
Barbosa, relator do processo do Mensalão e futuro presidente do Supremo
Tribunal Federal (STF), está em tratamento "alternativo", em
Dusseldorf, na Alemanha, desde o dia 29 de outubro. É onde está sediado
o Centro de Medicina Integrada Boewing-Molsberger, especializado em
tratamento inovador de coluna, baseado em aplicações de plasma rico em
plaquetas (PRP). ...", veja em
http://jmonline.com.br/novo/?noticias,7,SAUDE,71333 Na Alemanha, a
auto-hemoterapia é praticada livremente. E as publicações cientificas
sobre a técnica, abundantes, como em "Praxis der Eigenbluttherapie,
Harald Krebs - 2007 - 166 páginas" Para proibir a auto-hemoterapia, o
Ministério da Saúde (MS)/Agência Nacional de Vigilância Sanitária
(Anvisa) produziu a " Nota Técnica nº 1 de 13 de abril de 2007", que
não é lei. Para tal medida a Anvisa feriu até a Constituição Federal.
Veja em "UMA PROIBIÇÃO ILEGAL (QUEM PROIBIU A AUTO-HEMOTERAPIA?)", de
Walter Medeiros, em
http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia-legis.htm Milhões de
brasileiros, principalmente os mais pobres, são prejudicados - muitos
morrem sem receber o tratamento - pela arbitrariedade da proibição,
feita no Governo Lula, e estupidamente mantida no governo Dilma
Rousseff. Criticado em grande número de publicações na internet, a
Anvisa pediu socorro ao Conselho Federal de Medicina (CFM), que
produziu publicação sem nenhuma cientificidade e feriu a própria ética
medica sobre o tema. O CFM também os médicos de realizar a técnica, em
2007 (ver em
http://www.portalmedico.org.br/pareceres/cfm/2007/12_2007.htm ). Desde
1898, os médicos brasileiros estavam livres para realizar a
auto-hemoterapia, e a técnica referendada pela literatura médica (ver
"Complicações Pulmonares Pós-Operatórias Dr. Jésse Teixeira, publicado
em "Publicado originalmente na Revista Brasil-Cirúrgico, Orgão oficial
da Sociedade Médico-Cirúrgica do Hospital Geral da Santa Casa da
Misericórdia do Rio de Janeiro, Março de 1940 - Volume II - Número 3",
disponível em http://www.rnsites.com.br/artigo_jesse_teixeira.pdf Até
no parecer anti-ético e não científico do CFM sobre auto-hemoterapia, o
órgão reconhece que técnicas como TAMPÃO SANGÜÍNEO PERIDURAL(TSP) é
Auto-hemoterapia TSP, embora não a cite claramente. "O procedimento
denominado "tampão sangüíneo peridural" (TSP) consta da injeção de
sangue autólogo no espaço peridural para tratamento de cefaléia
refratária (p.ex. após tentativas feitas com a administração com
paracetamol, AINE, gabapentina, ou com a infusão intravenosa de
líquido, etc.), em conseqüência de anestesia raquidiana. ...". E que
"... AUTO-HEMOTERAPIA COM SANGUE TRATADO POR ALGUM AGENTE QUÍMICO OU
FÍSICO Outros procedimentos designados como auto-hemoterapia constam da
administração de sangue venoso submetido à ação de algum agente químico
ou físico (ozônio, radiaçãoultravioleta, etc.), por via intravenosa,
intramuscular ou subcutânea. Destes, o método mais usado, denominado em
língua inglesa de Ozonated autohemotherapy (O3-AHT) ou,
aproximadamente, auto-hemoterapia com ozônio, consta da administração
de sangue ozonizado por via intravenosa (AHT Major), por infiltração ou
por via intramuscular (AHT Minor), deacordo com Gracer e Bocci (2005).
Neste contexto, a auto-hemoterapia é utilizada para a administração de
ozônio, um 'fármaco' com pretensa ação terapêutica benéfica,
notadamentesobre doenças degenerativas crônicas, alguns transtornos
imunológicos (Di Paolo, Gaggiotti e Galli, 2005) e processos
infecciosos resistentes (Biedunkiewicz, Tylicki, Racho net al. 2004).
Na técnica de auto-hemoterapia (AHT) major com ozônio, 50 a 100 mL de
sangue são retirados do paciente, misturados a uma dose de
ozônio-oxigênio de concentração predeterminada eentão devolvido pelo
mesmo cateter intravenoso ao paciente. Na AHT Minor, 10 mL de sangue
venoso é administrado por via intramuscular, após ozonização. ...".
Bombardeado por todos, provado a estupidez de seu parecer que proibiu a
auto-hemoterapia, como se vê, entre outros, em "PARECER DO CONSELHO
FEDERAL DE MEDICINA (CFM) SOBRE AUTO-HEMOTERAPIA NÃO TEM CABEÇA,
CONCLUI MÉDICO APÓS AVALIAÇÃO CIENTÍFICA", ver em
http://www.hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/parecer-do-c
onselho-federal-de-medicina- o CFM foge à raia quando examina a
Auto-hemoterapia Plasma Rico em Plaquetas, não a chamando expressamente
de auto-hemoterapia, claro. Afirma apenas :" Diante do exposto, podemos
concluir que o referido produto ainda se encontra em fase experimental.
Nos últimos anos, a prática da medicina baseada em evidências vem se
desenvolvendo; estudos plenos de sabedoria e imparcialidade vêm
definindo o que é realmente bom, seguro e de aplicação aprovada. O PRP
ainda não foi avaliado desta forma, não havendo evidências científicas
de sua utilidade, tratando-se, portanto, de procedimento experimental.",
em PARECER CFM Nº 20/11
http://www.portalmedico.org.br/pareceres/CFM/2011/20_2011.htm É esta
Auto-hemoterapia PRP que o presidente do STF escolheu para se tratar.
Como é empregada atualmente, não está disponível para os brasileiros,
exceto para os que podem pagar elevado preço pelo serviço médico. E a
técnica clássica, que é a que o povo precisa, continua proibida no país
pelo Governo Federal pelo MS/Anvisa, apesar dos apelos popular por sua
liberação. Leia mais: Sobre Auto-hemoterapia PRP ver "Injeção de plasma
rico em plaquetas e seus benefícios; entenda essa nova técnica", por
Alex Botsaris em http://www2.uol.com.br/vyaestelar/plasma_plaquetas.htm
e, " 27 de abril de 2012 Estudo da USP atesta a eficácia do Plasma Rico
em Plaquetas (PRP) na cicatrização de lesão de joelho Criogênesis foi
responsável pela produção do PRP por AféreseUm artigo científico
publicado no último dia 02/04 no The American Journal of Sports
Medicine, dos EUA, pelo grupo do ortopedista Adriano Marques de
Almeida, do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo
(HC-USP), mostrou que o uso do PRP (plasma rico em plaquetas) durante
cirurgia para cura de lesão no tendão patelar (no joelho) favoreceu a
cicatrização do tecido lesionado. O uso do PRP teve efeito positivo
tanto na análise da ressonância magnética após seis meses, como na
redução da dor no período pós-operatório. Em
http://saudeweb.com.br/voce-informa/estudo-da-usp-atesta-a-eficacia-do-p
lasma-rico-em-plaquetas-prp- ... Ubervalter Coimbra 62 anos - Vitória -
ES Transcrito de
http://hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/presidente-do-su
premo-tribunal-federal-faz-auto-hemoterapia.asp
publicado por auto-hemoterapia às 18:41

Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
14
15
16

17
18
19
20
23

24
29
30

31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Visitantes
blogs SAPO